NAVEGUE
HOME   
GUIA COMERCIAL   
CLASSIFICADOS   
   SERVIOS
Cadastre-se   
Notcias   
Fale Conosco   
Utilidades   
Termos de Uso   
Anuncie aqui!   
Poltica de Privacidade   
Links teis   
   ENTRETENIMENTO
Mural de Recados   
Dicas   
Enquetes   
Canal esotrico   
Receitas   
   O BAIRRO
Lapa News   
Histria do bairro   
Parques   
Reparties   
Igrejas e Entidades   
Bairros da Lapa   
Hospitais   
Terminal Lapa   
Postos de Sade   
Telecentros   
   NOTCIAS
Colunas   
Notcias da Cidade   
Cultura   
ltimas Notcias   
Finanas Pessoais   
RECEBA NOVIDADES
CLASSIFICADOS LAPA | Classificados Grtis, Guia Comercial, Notcias, Dicas
Nome:
E-mail:
PARCEIROS
DM Arts Networks
::: Confira:
Nmero de testemunhas pode fazer jri do casal Nardoni durar at 5 dias
Segundo o TJ, essa a expectativa do juiz Maurcio Fossen. Nmero de pessoas para serem ouvidas passou de 21 para 24.



Por causa do elevado nmero de testemunhas para serem ouvidas, o julgamento do casal Nardoni, marcado para ocorrer a partir das 13h de 22 de maro, deve durar at cinco dias. A previso foi feita pelo juiz Maurcio Fossen, que ir conduzir o jri, segundo informou nesta quinta-feira (11) a assessoria de imprensa do Tribunal de Justia de So Paulo.

O jri popular ser composto por sete pessoas escolhidas da sociedade e acontecer no Frum de Santana, na Zona Norte da capital. Alexandre e Anna Carolina Jatob so acusados de matar Isabella, de 5 anos, no dia 29 de maro de 2008. A madrasta da menina a teria agredido e o pai, a jogado da janela do sexto andar do apartamento do casal, em Santana. Os acusados negam o crime.

Segundo o TJ, o juiz informou que saltou de 21 o nmero de testemunhas para 24. Antes, quando o nmero de testemunhas era menor, o juiz acreditava que o jri poderia durar at trs dias.



Das trs novas testemunhas, duas foram arroladas pela advogada da acusao, Cristina Christo. Ela sugeriu o nome da av materna de Isabella, Rosa Maria Cunha de Oliveira, e de um homem, que no teve a identidade divulgada. O Tribunal tambm no soube informar quem ser a 24 testemunha e quem a chamou.



Das outras 21 testemunhas, 17 foram indicadas somente pelo advogado de defesa, Roberto Podval, trs arroladas tanto pelo defensor quanto pelo promotor Francisco Cembranelli, que acusa o casal de homicdio, e uma apenas de acusao. Essa ltima a bancria Ana Carolina Oliveira, me de Isabella.

Ainda, de acordo com a assessoria do TJ, o julgamento dever durar at as 21h do dia 22. No dia 23, uma tera-feira, a audincia est programada para recomear a partir das 9h. Haver intervalos para as partes envolvidas se alimentarem. A previso que a sentena seja divulgada at o dia 26, uma sexta-feira.

Reforo policial



Segundo o TJ, haver reforo policial no dia do julgamento no Frum de Santana. O rgo e a Polcia Militar no entram em detalhes sobre como ser feito o trabalho por questes de segurana e planejamento estratgico. Tambm haver um esquema especial de trnsito, provavelmente com o auxlio da Companhia de Engenharia de Trfego (CET).

A imprensa poder acompanhar o julgamento. O local onde ser realizado um dos mais esperados jris dos ltimos anos deve ser o plenrio nmero 3 do Frum de Santana. Foi l que o ex-cirurgio Farah Jorge Farah acabou condenado a 12 anos de priso pelo assassinato da ex-namorada e paciente. Coincidentemente, seu advogado o mesmo que defende o casal Nardoni: Roberto Podval.

Caso
Segundo o Ministrio Pblico, a morte de Isabella teria ocorrido aps uma discusso. Alexandre e Anna Carolina negam que tenham matado a menina. Eles chegaram a afirmar que um desconhecido entrou no quarto da menina e a matou. Essa pessoa nunca foi encontrada pela polcia. Recentemente, os defensores do casal cogitaram a possibilidade de ter ocorrido at mesmo um acidente domstico com a garota: Isabella poderia ter cado sozinha da janela.





Notcia Postada em 11/03/2010

 
ANUNCIANTES
COPYRIGHT © 2006 - CLASSIFICADOS LAPA- Todos os direitos reservados Produzido por: DM Arts Networks